Blog PTX

Exercício Físico, Atividade Física e Desporto o que significam?

O tema que iremos abordar é do conhecimento de todos ou, pelo menos, já nos ouviram falar de exercício físico.

É um conceito que todos sabemos o seu significado, certo? Ou não será bem assim…

Exercício físico, atividade física ou mesmo desporto significam a mesma coisa?

Será importante percebemos o seu significado para não baralharmos conceitos e conseguirmos definir o nosso objeto de trabalho sem atropelar ninguém.

Vamos começar pelo que não significa. Primeiro, atividade física e exercício físico não são a mesma coisa. A atividade física é o termo mais abrangente que “contempla qualquer movimento realizado pela musculatura esquelética do corpo (os principais músculos), que resulte num dispêndio energético acima dos valores de repouso”.

Por sua vez, desporto refere-se ao “jogo e à competição, correspondendo ao sistema organizado de movimentos e técnicas corporais executados no contexto de atividades competitivas regulamentadas”.

Então o que é realmente exercício físico? Na PTX gostamos de pensar que é um processo estratégico de aplicação de forças (RTS), que estimula adaptações positivas, que promove a melhoria do nosso fitness e da nossa saúde (Doug Mcguff). Resumidamente, é uma força intencional aplicada a uma estrutura, num cenário específico (Resistance Institute).

Portanto, caminhar ou correr não podem incluir-se no conceito de exercício físico, quanto muito são uma forma de atividade física. Caminhar é ter mais atividade física do que estar sentado.

Corrida não é exercício físico
Corrida não é exercício físico

Não significa, contudo, que essas formas de atividade física sejam desaconselhadas ou não promovam benefícios, antes pelo contrário, muitas delas estão presentes em muitas recomendações. O importante será não etiquetar, unicamente, como o melhor promotor de saúde. Necessitamos de saber sempre PARA QUEM?

O exercício físico, por sua vez, visa uma abordagem mais assertiva, escrupulosa. Muitas atividades físicas beneficiarão da prática de exercício físico com critério.

Quando colocamos óleo no motor dos nossos carros temos de realizar a mudança com critério, não basta abrir o capô do veículo e despejar a embalagem sobre o motor, temos sim de retirar o óleo antigo e despejar a embalagem no orifício correto. O exercício físico quase que representa o mesmo efeito.

Temos, pois, de saber distinguir corretamente estes conceitos para que o valor do serviço que entregamos seja cada vez mais alto e no final seja um processo de “win win” tanto para o treinador como para o cliente.

Por fim, as atividades desportivas, pelo seu fim, afastam-se drasticamente do propósito do exercício físico. Se na primeira sacrificamos o corpo em prol do resultado na segunda sacrificamos o resultado em prol do nosso corpo.

Esperamos que esta reflexão tenha feito sentido e que cada vez mais possamos, todos nós, educar-nos neste sentido para que as nossas escolhas sejam determinadas pelo valor em causa e não pelo apelo emocional.

Continuação de bons treinos.

Créditos: