Blog PTX

fisioterapeuta ligia santos

Vamos falar um pouco sobre respiração?

A respiração é algo tão inato e garantido no nosso dia à dia, que nem paramos para pensar se o fazemos correctamente… 

Sabia por exemplo, que a inspiração é um processo activo, dependendo da contracção muscular dos músculos inspiratórios do nosso corpo, o diafragma e os intercostais externos e a expiração decorre de forma passiva, sem necessidade de activação muscular?

Sabia também, que existem 3 tipos de padrões respiratórios diferentes? E que a retracção do diafragma pode levar a alterações posturais e consequentes disfunções?

A forma como respiramos influência o nosso bem-estar físico e emocional. Respirar corretamente ajuda a combater o stress, aumenta a resistência física e fortalece o sistema imunitário. Disfunções na respiração podem associar-se a quadros depressivos, ataques de pânico e alterações do sono.

Pois é… Algo tão simples e tão complexo ao mesmo tempo, depois deste artigo talvez vá começar a dar um pouco mais de atenção à sua respiração.

A respiração é um processo essencial para os seres humanos, já que é através dela que é disponibilizado o oxigénio para uso celular e produção de energia para o nosso corpo. Além disso, o sistema respiratório é responsável pela eliminação do dióxido de carbono, resultante do metabolismo celular.

Existem 3 tipos de padrões respiratórios, padrão apical, abdominodiafragmático e misto, embora o mais correcto e funcional seja o abdominodiafragmático.

Este padrão é caracterizado por uma expansão do abdomén na inspiração e a redução do mesmo na expiração. O diafragma é o principal responsável por esta função. Neste tipo de respiração, os ciclos são mais lentos e profundos, promovendo uma redução do ritmo cardiaco e aumentando a capacidade pulmonar.

O diafragma é o principal músculo inspiratório, no entanto a grande maioria de nós apresentamos retracção. Esta retracção, faz com que a musculatura inspiratória acessória tenha de ser recrutada de forma excessiva, para compensar a lacuna do músculo diafragmático. Os músculos acessórios são pequenos, desenhados para abrir e levantar bem a grelha costal perante uma situação de luta ou fuga, em que precisamos de um aporte de oxigénio mais rápido e em abundância, como por exemplo numa corrida. 

A região cervical apresenta muitos destes músculos acessórios, que devido ao seu recrutamento diário, criam rigidez muscular e alterações posturais da zona.

Estudos mostram também, que a retracção diafragmática se encontra intimamente relacionada com a dor lombar crónica. Devido à sua inserção anatomica ao longo dos discos intervertebrais de L1 a L3, o diafragma desempenha um papel importante na propriocepção, estabilização e controlo postural da coluna vertebral em movimentos de grande amplitude, tal como na activação dos músculos do assoalho pélvico.

Por todas estas razões e para maior ganho de qualidade de vida, deixo aqui um exercício respiratório, para fazer em casa e poder promover um correcto padrão respiratório.

Sente-se confortavelmente ou deite-se no chão ou na cama, de costas. De seguida, deve colocar a sua mão esquerda na parte superior do peito, e a direita, na zona da barriga, logo abaixo das costelas.

Quando inspira e expira, a mão esquerda deve permanecer imóvel, enquanto sente APENAS a direita a subir e descer. Se sentir movimento na esquerda, é porque está a fazer uma respiração pouco profunda e a não usar o diafragma adequadamente. Inspire enchendo a barriga de ar e solte o ar encolhendo a barriga, deverá inspirar pelo nariz e expirar pela boca. Insista, tentando que a sua respiração mova somente a mão direita.  Faça-o durante 5 minutos.

Não hesite em procurar um fisioterapeuta em caso de necessidade, este dispõe de um conjunto de técnicas especializadas para reeducação respiratória e tratamento de disfunções associadas.

Fisioterapeuta Lígia Santos

Currículo

Fisioterapeuta com formação em: terapias miofasciais (Bwizer), Trigger points, SGA – Stretching Global Activo; RPG aplicado ao desporto (Bwizer), Pilates Clínico – The Australian Physiotherapy & Pilates Institute (Matwork)