Blog PTX

reflexão da semana

Reflexão da semana PTX – mobilidade vs. estabilidade

Socorremo-nos do fundador do MAT (Muscle Activation Techniques) para a nossa reflexão da semana. Este referiu que a mobilidade sem estabilidade, entenda-se articular, gera vulnerabilidade (lesão). Muitas vezes somos confrontados com objetivos de melhoria da mobilidade articular, no entanto parece-nos importante que o trabalho a ser feito dote também a articulação de estabilidade. Analogamente é…

Testemunho cliente PTX: Marcelo Silva explica a sua satisfação com o nosso serviço

Marcelo Silva, 28 anos, enfermeiro e estudante de medicina, “sentia frequentemente dores na coluna e procurava retomar algum tipo de atividade física com vista a contrariar o estilo de vida sedentário que levava há anos e melhorar o seu bem-estar e saúde. Fiquei interessado pelo facto de a PTX integrar no seu serviço as Técnicas…

Estilo de vida e saúde

Durante o nosso dia-a-dia, devido ao nosso estilo de vida, tornamo-nos experts em criar padrões disruptivos ao nível do recrutamento muscular, a isso muitas vezes chamamos de compensação muscular. Este facto deve-se, em parte, a lesões traumáticas; estilo de vida sedentário; imobilização; ou mesmo o tipo de calçado que utilizamos… Infelizmente estes padrões acabam por…

Cárdio ou Força?

Este será um artigo curto. A resposta é simples: O cárdio também é “força”! Sempre que há um estímulo que obrigue o corpo a vencer uma resistência de forma a gerar movimento, é considerado treino de força! Sempre que uma força entra em contacto com o nosso corpo, essa força é considerada uma resistência. Essa resistência consiste, nas…

“É um serviço personalizado de qualidade, adequado e adaptado ao ritmo e dificuldades de cada um.”

Testemunho cliente, Ana Martins, enfermeira, 32 anos: “Queria perder peso e principalmente necessitava de uma mudança. Precisava de mudar hábitos antigos e ganhar novos para atingir os objetivos que há tanto procurava. Já conhecia alguns resultados da PTX e em particular do trabalho desenvolvido pelo Gonçalo André, através de amigos em comum que me impressionaram…