Blog PTX

reflaxão mandela

Reflexão da semana por Nelson Mandela

reflaxão mandela e a união no desporto, saúde e bem-estar.
Um maior interesse e competitividade na área do desporto, saúde e bem-estar poderá contribuir para melhorar cada vez mais as práticas, modo de operar e qualidade do serviço.

Nelson Rolihlahla Mandela foi presidente da África do Sul de 1994 a 1999 e ganhou o Prémio Nobel da Paz de 1993. Foi um símbolo da luta contra o regime segregacionista do Apartheid e um símbolo mundial de resistência e “um dos maiores líderes morais e políticos de nosso tempo”.

Prestes a concluir a 3º época de treinos, a PTX, decidiu trazer uma reflexão a apelar à união entre os vários intervenientes do Fitness. Tomámos a liberdade de trazer o pensamento deste grande líder: “O desporto tem o poder de superar velhas divisões e criar o laço de aspirações comuns ” e de fazer uma analogia ao nosso sector. Desta vez, decidimos ser nós a avançar com as considerações e ficarmos a aguardar o vosso feedback para saber se concordam com a nossa visão.

Gostaríamos de felicitar todos os empresários do país que têm apostado e investido cada vez mais neste fascinante sector. Consideramos que ao aumento do número de espaços e empresas que prestam serviços na área do exercício e saúde é um aspeto, na sua génese, muito positivo. Um maior interesse e competitividade na área do desporto, saúde e bem-estar poderá contribuir para melhorar cada vez mais as práticas, modo de operar e qualidade do serviço.

Por outro lado, o aumento da comunidade de TEF´S (Técnicos de Exercício Físico) e respectiva massa crítica deverá aumentar a responsabilidade dos mesmos, passando a ter uma maior influencia e voz ativa na defesa dos direitos da nossa classe profissional. Poderá também contribuir para maior uma solidariedade entre colegas na partilha de conhecimento tento em vista a evolução e a melhoria do sector.

Portanto, ao invés de cada entidade/ ginásio/ marca ou equipa no mercado da saúde e bem-estar delinear uma estratégia de costas voltadas com os outros intervenientes, fomentando a divisão e encarando-os como concorrentes ou uma ameaça como forma de crescimento ou sobrevivência, o que vos parece unir esforços, criando laços tendo em vista uma melhor comunicação, partilha e respeito entre todos? Consideramos que esta é a atitude mais pro-ativa e que mais honra a nossa actividade e que mais beneficia os praticantes.

Nesse sentido, promover sessões de estudo com colegas de outras empresas com diferentes experiências profissionais, com outros conhecimentos e contextos de forma a fomentar o debate, a troca de ideias e elevar o nível do treino no Algarve, é uma das nossas práticas desde o início do nosso projeto.

Por outro lado, ao longo do ano convidámos também diferentes colegas e profissionais de saúde para dar a conhecer o nosso trabalho, recebendo e dando feedbacks que nos permitissem a melhorar e, em conjunto, pudéssemos todos encontrar as melhores soluções para os vários tipos de clientes e respectivas necessidades.

Foi um ano de grande partilha e de excelentes sinergias. Concordam com a visão da PTX?
Partilhe e comente!

Texto de Gonçalo André