Blog PTX

ricardo dias

Personal Trainer (PT) vs Aulas de Grupo em contexto de ginásio, health club

Depois de já ter abordado as diferenças ao nível do trabalho desenvolvido no treino personalizado e nas aulas de grupo em contexto digital, desta vez, o nosso colega Ricardo Dias apresenta as diferenças destas abordagens em contexto de ginásio.

Quando queremos iniciar uma atividade no ginásio, deparamo-nos com várias opções desde Personal Training, Sala de Musculação/ Cardiofitness a Aulas de Grupo.


Aqui começa a primeira barreira ao início da atividade – “Por onde devo começar?” – poderá parecer uma escolha fácil, mas penso que alguma da percentagem de desistência nos primeiros meses, deve-se sobretudo por fazer uma escolha errada. Não tem necessariamente de ser igual para todos, pois temos características, objetivos e motivações diferentes. Como tal, seria adequado que houvesse alguém que nos indicasse o caminho que melhor se adaptada a cada um.

Os Clubes, têm apostado nas modalidades de grupo, uma forma fácil de rentabilizar um instrutor, numa aula que pode ter 30-40 pessoas. O problema aqui poderão ser as pessoas que estão a iniciar pois, nunca fizeram atividade física e caíram ali de “paraquedas” ou porque o amigo(a) lhe convidou ou porque viu nas redes sociais que aquela aula é que era boa. No final da aula muito provavelmente esta pessoa irá sair com uma perceção errada, sentindo claramente que está ali a mais. Isto pode provocar desmotivação e futuramente a sua desistência. Se houver alguém que lhe explique no início que, o indicado será começar com alguma atividade física ajustada às suas capacidades e limitações, para fortalecimento da sua estrutura músculo-esquelética e consciencialização corporal e postural, teremos aqui uma base para o cliente futuramente poder escolher a sua modalidade com mais segurança e consciência.

O Personal Trainer será alguém que lhe indicará o melhor caminho a seguir de acordo com os seus objetivos, respeitando a sua individualidade. A Diferenciação de cada pessoa é um processo fundamental para treinar de forma segura.

– Em qual devo investir – PT ou Aulas de Grupo?

Aspetos a ter em conta:

1. Preço

Personal Trainer – Ter um profissional a dedicar o seu tempo inteiramente a si, terá claramente um custo superior, será um investimento com um retorno prolongado.

Aulas de Grupo – Opção “Low-cost”, mas que poderá fazer sentido de acordo com o seu objetivo.

2. Resultados

Personal Trainer – Um PT será alguém capaz de dirigir, contruir, ajustar um exercício ou um conjunto de exercícios adequados a si e à sua estrutura músculo-esquelética, sendo ainda capaz de corrigir, adaptar e motivar em tempo real a realização desse mesmo exercício. Isto levará a uma maior taxa de sucesso e à realização mais precoce e de forma segura dos seus objetivos.

Aulas de Grupo – Podemos ter resultados? Sim claro, dependerá muito mais de si, requer do próprio cliente um maior auto-conhecimento das suas capacidades e limitações, normalmente associados a praticantes mais experientes, capacidade de se manter focado durante o processo de treino.

3. Socialização

Personal Trainer – Embora não constitua um objetivo em si é normal que após algum tempo de trabalho em comum com o PT, este acabe por ser como que um amigo que está no final do dia à nossa espera para ajudar a descarregar o resto das energias e frustrações do dia, tornando-se um “Bom Ouvinte”.

Aulas de Grupo – A vertente social é bastante importante, principalmente após um dia trabalho duro e/ou sedentário. As aulas de grupo são muitas vezes o escape desse dia, onde encontramos aquele(a) amigo(a), normalmente são sempre sinónimo de diversão e animação.

Drª Arlete Costa, Médica Oftalmologista e cliente com vários anos de experiência, em treino Individualizado e em grupo, deixa-nos aqui o seu testemunho:

“De um modo sucinto e preciso julgo que a única forma de aperfeiçoar a técnica e desempenho no treino Fitness é ser orientada por um profissional qualificado (PT). A minha experiência demonstra que os resultados da evolução qualitativa surgem ao fim de poucos meses. E será nos treinos de grupo que essa análise comparativa poderá ser melhor constatada e avaliada, se bem que sejam uma excelente forma de socializar e treinar o espírito de equipa.”

Depois desta análise cada pessoa poderá ter uma escolha mais clara do que quer ou precisa. Existem vantagens nas duas modalidades, e dependerá da experiência motora de cada cliente.
As aulas de grupo têm uma boa relação qualidade-preço mas talvez seja mais indicada para indivíduos mais experientes. Se nunca fez atividade física e se realmente quer trabalhar de forma segura e eficaz contratar um Personal Trainer será a melhor opção.


Aqui teremos futuramente outro tema a abordar, como devo escolher e que características deve ter Personal Trainer?


Bons treinos!

Texto de Ricardo Dias