Blog PTX

Cárdio ou Força?

Este será um artigo curto. A resposta é simples: O cárdio também é “força”! Sempre que há um estímulo que obrigue o corpo a vencer uma resistência de forma a gerar movimento, é considerado treino de força! Sempre que uma força entra em contacto com o nosso corpo, essa força é considerada uma resistência.

Essa resistência consiste, nas forças externas que interagem e se opõem à acção articular em torno de um eixo e dentro de um plano de movimento. Essas resistências podem ser uma massa (halter, barra, Kettlebell …), um elástico, um TRX, máquinas guiadas ou simplesmente o peso corporal. Portanto, até os passos que dá numa leve caminhada são considerados “força”.

No que toca a ganhos cardiovasculares, podemos avançar que há cada vez mais estudos que sustentam que o treino de força intenso (que englobe os exercícios clássicos de musculação) pode provocar o mesmo nível de adptações fisiológicas que o treino aeróbio.

Contudo, com o que foi exposto, não temos qualquer intenção de desincentivar a prática de atividades mais conotadas com o treino aeróbio. Caberá sempre ao treinador analisar e adequar o treino o mais possível às necessidades e objetivos do cliente/ aluno
Bons treinos!

Texto de Gonçalo André