Futsal
6 de Março, 2022

O futsal e as suas características físicas

O futsal, hoje em dia, é uma das modalidades mais faladas em Portugal devido aos grandes êxitos dos últimos anos – campeão do mundo e bicampeão europeu.
É um jogo muito intenso, com características físicas muito diferentes do futebol, não só pela sua velocidade, intensidade e rápidas tomadas de decisão constantes e em tempo reduzido, mas também porque, apesar de só ter 5 jogadores de campo, é um jogo com muita tática e estratégia.

Mas hoje resolvi não falar tanto da parte técnico tática do jogo, mas sim mais da componente física. Quais serão as fontes energéticas mais utilizadas no futsal? Há alguma que prevaleça sobre a outra? E as capacidades motoras, será um jogo mais de resistência ou mais de força? Estas são algumas questões
que espero responder neste artigo.

O Futsal é uma modalidade coletiva que se caracteriza pela realização de várias ações motoras em contexto de jogo de elevada imprevisibilidade e intensidade.
Devido às características do jogo, por exemplo, podermos alterar constantemente os jogadores em campo (substituições ilimitadas) faz com que a intensidade do jogo seja sempre alta. Por ser um jogo complexo e com muitas características únicas nas áreas físicas e técnicas/táticas, o futsal exige dos atletas o uso misto de fontes energéticas (aeróbio e anaeróbio).

Os sistemas energéticos não atuam de forma isolada, existindo, sim, a preponderância de uma sobre a outra, dependendo da intensidade e da duração do esforço. No jogo de futsal usa-se predominantemente o sistema anaeróbio alático e lático que têm mais preponderância nas ações do jogo de grande intensidade como uma transição ofensiva e/ou defensiva nos quais os atletas efetuam diversos sprints com intensidades muito altas e com ações superiores a dez segundos. Já o sistema aeróbio “Intervém” mais em ações de jogo paradas (bola fora do campo, faltas, limpeza do campo, etc.) ou em momentos de intensidade moderada onde ambas as
equipas arrisquem pouco.

O Futsal é uma modalidade coletiva que se caracteriza pela realização de várias ações motoras em contexto de jogo de elevada imprevisibilidade e intensidade.
O futsal é uma das modalidades coletivas com maior intensidade (Barbero Alvarez et al., 2008) em que a resistência intermitente de alta intensidade tem um papel central no desempenho físico dos jogadores.


Um jogador de futsal precisa de ter uma grande capacidade de resistência intermitente, uma grande capacidade de realizar sprints repetidos e muita potência de membro inferiores e agilidade (Naser; Ali; Macadam, 2017) A resistência no futsal está relacionada com a capacidade de os atletas suportarem vários estímulos de
alta intensidade com duração variada seguidos de vários períodos de recuperação.


A força muscular é uma capacidade física presente em praticamente todos os desportos. No futsal devemos estar mais focados na força resistente (capacidade de repetir muitas vezes um dado movimento de qualidade), os jogadores precisam de ter essa capacidade bem desenvolvida, pois os jogos e treinos exigem muitos movimentos repetidos por um longo período de tempo.

Passamos da capacidade de força para a potência (não sendo uma capacidade motora especifica) é uma das principais capacidades físicas do atleta, sendo a pliometria um dos principais métodos para o seu desenvolvimento. A potência muscular pode ser aumentada melhorando a força e/ou velocidade de
encurtamento. Ou seja, passamos da capacidade de produzir repetidamente força para a capacidade de realizar esse movimento repetidamente de forma mais rápida.


Como em qualquer desporto coletivo uma ou outra capacidade motora podem prevalecer num jogo mas é o uso das varias capacidades motoras em conjunto que vai aumentar e melhorar a performance do jogador.

A resistência no futsal está relacionada com a capacidade de os atletas suportarem vários estímulos de alta intensidade com duração variada seguidos de vários períodos de recuperação.

Sendo a PTX um projeto dedicado ao treino para saúde e condição física, resolvi também abordar o tema treino de força no treino de futsal (ainda que de forma muito ligeira).

O treino da força é um tipo de treino que os treinadores e atletas das modalidades coletivas ainda desconfiam da sua utilidade, uns porque acham que o treino de força vai reduzir outras capacidades (como a velocidade) o que é falso, outros porque acham que os benefícios/vantagens não valem o
“tempo perdido de treino”. Usar tempo de treino, ou treino complementar de força “fora do contexto de treino de conjunto” nunca é um desperdício de tempo, como tal para desmistificar algumas ideias erradas sobre o treino de força nos desportos coletivos, vou deixar algumas dicas sobre o mesmo:


O PRATICANTE DE FUTSAL NECESSITA:

  • Desenvolvimento muscular equilibrado para resistir às agressões provocadas essencialmente pela grande repetitividade das ações técnicas.
  • Qualidade na manifestação da força dinâmica.
  • Manter um rendimento elevado durante todo o jogo.

FACE A ESTE QUADRO, DISTINGUEM-SE:

  • Um treino de força geral ou “complementar”, realizado com o objetivo de prevenção, proteção.
  • Um treino de força específico, que responda às necessidades específicas da modalidade.

DEVEMOS FOCAR O TREINO DE FORÇA:

  • No trabalho de força geral e potência, em vez do treino hipertrofia;
  • Em relação ao treino de força fora do contexto de treino, deve ser feito, mas é essencial potenciá-lo e trabalhá-lo no treino de forma integrado;

Relembro algo muito importante, não só no treino de força, mas em todos os treinos, sejam eles fitness, desportos coletivos, individuais, ou mesmo de recreação:

“O QUE FUNCIONA PARA MUITOS ATLETAS NÃO É UMA BOA ESCOLHA PARA TODO O ATLETA” MICHAEL BOYLE

O treino da força é um tipo de treino que os treinadores e atletas das modalidades coletivas ainda desconfiam da sua utilidade, uns porque acham que o treino de força vai reduzir outras capacidades (como a velocidade) o que é falso

Texto de João Martins

Licenciado em Educação Física e Desporto
Pós-Graduado em Treino Funcional
TBI-Certified Sports Nutrition Expert (YBI-CSNE) – Tudor Bompa Institute
Personal Trainer Certificado desde 2008
Técnico Nível II FUTSAL
Selecionador Distrital FUTSAL do ALGARVE desde 2015
Treinador Futsal desde os 17 anos / 12 Anos de jogador de Futsal (dos 14 aos 26 anos);
Várias formações na área de preparação física, nutrição, Futsal, entre outras

blog

Treino online
Treino de força
Treino ao ar livre
Treino
Testemunho
Terapia Ocupacional
Sono
Sem categoria
Saúde Mental
saúde
Reflexão da Semana
Prevenção de lesões
Preparação Física
Preparação Física
Postura
Personal Trainer
Perda de Peso
Osteoporose
ossos
obesidade
Nutrição
Músculos
Multidisciplinaridade
Medicina
Golfe
genética
Futsal
Futebol
Fisioterapia Desportiva
Fisioterapia
Exercício Físico
Exercício Clínico
escoliose
Envelhecimento
Entrevista
Ensino
Educação
Dor
Direito Desportivo
Diabetes
Desporto juvenil
Cycling
crianças
Comunicação
coluna
Ciência
Cardio
Cancro
Biomecânica
Atletismo
atividade física
Alto Rendimento
Ver todas as Categorias