Exercício Clínico
19 de Dezembro, 2021

Exercício e saúde: Mexa-se, interaja, alimente-se, descanse… repita tudo!

O exercício físico já é considerado um pilar na vida de todos nós. No entanto, a sua prática de forma regular ainda acontece apenas por parte de uma franja da população.
São cada vez mais frequentes publicações e estudos de diversos autores que indicam que a prática de exercício físico duas a três vezes por semana é uma forma eficaz de, não só melhorar a saúde como até para controlar doenças crónicas. Já é do conhecimento comum que o exercício físico é uma ferramenta importante no acompanhamento de patologias do foro metabólico como a diabetes ou doenças cardiovasculares e a nível psicológico como a ansiedade ou a depressão. No entanto, consideramos importante também transmitir a ideia de que está inclusivamente comprovado que o exercício pode ser encarado como um procedimento terapêutico no tratamento e melhoria da condição cerca de 26 doenças crónicas.

A prática de exercício físico duas a três vezes por semana é uma forma eficaz de, não só melhorar a saúde como até para controlar doenças crónicas.
Ao longo deste ano de 2021 temos vindo a divulgar as naturais e positivas adaptações que o exercício físico proporciona, por vezes até de uma forma um pouco mais técnica. Por isso, hoje, gostaríamos de reforçar a importância de adoptar um estilo de vida ativo e saudável de uma forma um pouco mais “leve” e até deixar alguns conselhos.
Praticar exercício é um excelente ponto de partida para preencher o seu dia. Fará com que tenha de organizar a sua agenda, cumprir compromissos consigo mesmo e provavelmente com outros. Fará com que sinta mais produtivo, feliz e realizado.
É importante ter a noção que para se sentir ativo, não têm que ser contabilizadas apenas as vezes que vai ao ginásio para tirar partido de um treino mais ao encontro das suas particularidades e necessidades.
Praticar uma modalidade também pode ser uma forma de se movimentar de forma prazerosa e de interagir com outras pessoas e amigos com objetivos e experiências em comum.
Ter um hobby que faça adoptar comportamentos saudáveis e que aumente o mais possível o contacto com a natureza como contemplar paisagens numa caminhada ou por exemplo “bird-watching”, fazer jardinagem na sua casa ou tarefas no campo, é uma das formas mais simples e eficaz de aumentar a sua longevidade.
Sem esquecer nunca que uma alimentação mais natural, baseada no que a terra nos oferece terá um impacto fortemente positivo no nosso corpo. Neste sentido, não estará ao alcance de todos mas quem tiver o privilégio de poder cultivar alguns dos seus próprios alimentos poderá considerar-se duplamente saudável.
Dar a devida atenção à regularização do sono e o seu respectivo efeito reparador será também fundamental para que se sinta apto e disponível .
Querer estar ativo pode portanto fazer com que se sinta motivado para adoptar uma série de comportamentos mais saudáveis e complementares entre si, alterando para melhor o seu estilo de vida.


Mexa-se, interaja, alimente-se, descanse… repita tudo!

Adaptado do estudo British Journal of Sports Medicine (2021; 55 [18].

blog

Treino online
Treino de força
Treino ao ar livre
Treino
Testemunho
Terapia Ocupacional
Sono
Sem categoria
Saúde Mental
saúde
Reflexão da Semana
Prevenção de lesões
Preparação Física
Preparação Física
Postura
Personal Trainer
Perda de Peso
Osteoporose
ossos
obesidade
Nutrição
Músculos
Multidisciplinaridade
Medicina
Golfe
genética
Futsal
Futebol
Fisioterapia Desportiva
Fisioterapia
Exercício Físico
Exercício Clínico
escoliose
Envelhecimento
Entrevista
Ensino
Educação
Dor
Direito Desportivo
Diabetes
Desporto juvenil
Cycling
crianças
Comunicação
coluna
Ciência
Cardio
Cancro
Biomecânica
Atletismo
atividade física
Alto Rendimento
Ver todas as Categorias