Biomecânica
27 de Junho, 2019

Análise biomecânica da elevação lateral com cabo

No exercício de hoje, elevação lateral com cabo, procuramos analisar um desafio para a musculatura responsável pela abdução do ombro no plano frontal.

Neste caso em específico optamos por utilizar os cabos porque oferecem algumas vantagens comparativamente a outros materiais, nomeadamente halteres ou elásticos.

O importante em muitos exercícios é conseguir manipular o perfil de resistência para optimizarmos a nossa produção de tensão, por outras palavras é criar um cenário que se aproxime mais da nossa capacidade de produzir força para que consigamos estimular toda a musculatura responsável de forma eficiente.

Neste caso em particular percebemos que o braço de momento (BM) diminui à medida que abduzimos o braço, isto é, à medida que encurtamos a musculatura, e consequentemente diminui o seu potencial de gerar tensão, também diminuímos o braço de momento. Isto significa que a capacidade de força para rotação, sobre a articulação é diminuída.

Elevação lateral com cabo
Elevação lateral com cabo

Será também importante perceber a diferença da realização do mesmo exercício mas com halteres em vez de cabos! Como não conseguimos, nesta posição específica, manipular a direcção da força, com halteres, significa que à medida que abduzimos o braço iríamos aumentar o braço de momento, ou seja teríamos um perfil invertido ao contrário do que acontece com cabos.

A elevação lateral com cabo será por ventura a melhor opção para trabalharmos os abdutores horizontais de forma optimizada pela simples razão que é fácil manipular a direcção da força e criar cenários bastante interessantes de acordo com diferentes necessidades.

Conhecer as implicações dos materiais que utilizamos é fundamental no processo crítico de construção de exercícios, reflectirmos sobre estas questões e outras servirão para que todo este raciocínio e tomada de decisão seja mais célere e adequado.

Sugerimos que da próxima vez experimentem o exercício que trouxemos hoje e que especialmente passem tempo a perceber as diferenças da execução do mesmo com diversas orientações do cabo e sensação que isso causa.

Continuação de bons treinos.

Texto de Tiago Gago

blog

Treino online
Treino de força
Treino ao ar livre
Treino
Testemunho
Terapia Ocupacional
Sem categoria
Reflexão da Semana
Prevenção de lesões
Preparação Física
Preparação Física
Postura
Personal Trainer
Perda de Peso
Osteoporose
Nutrição
Músculos
Multidisciplinaridade
Golfe
Futebol
Fisioterapia Desportiva
Fisioterapia
Exercício Físico
Exercício Clínico
Entrevista
Ensino
Educação
Direito Desportivo
Diabetes
Desporto juvenil
Comunicação
Ciência
Cardio
Cancro
Biomecânica
atividade física