Harvard Health
Treino de força
18 de Abril, 2021

Treino de força para melhoria da saúde cardíaca

A sua saúde cardíaca parece beneficiar de atividades que propiciam que o seu coração “bata um pouco mais forte” não esquecendo sempre a sua tolerância para a atividade selecionada.
Realização de caminhadas, voltas de bicicleta ou mesmo a dança incluem-se no grupo das atividades acima referidas.
Contudo a maioria das pessoas aparenta desconhecer que o treino de força, que geralmente consideramos apenas direcionado para o trabalho da massa muscular também pode ajudar no combate à doença cardíaca.
Aliás existe já bastante evidência que combinação de treino de força com treino de resistência é superior à realização de apenas treino de resistência para indivíduos com doença cardíaca em fase de recuperação para diversos marcadores.
“No passado, acreditava-se que músculos mais fortes eram considerados apenas benéficos do ponto de vista funcional – ou seja, facilitavam a realização das tarefas do dia-a-dia.” Dr. I-Min Lee, professor em Harvard Medical School.
Nos dias que correm existe cada vez mais interesse em perceber como o treino de força pode também baixar o risco de diabetes e doença cardiovascular. E sabendo que a massa muscular tende a reduzir-se com o avançar da idade é importante retardar esse fenómeno.
Deste ponto de vista não nos cansamos de dizer o quão é importante em manter e “construir” massa muscular por esta ser muito importante em controlar o açúcar no sangue diminuído o risco de resistência à insulina e assim ajudando a prevenir a diabetes, tipo 2, um grande fator de risco para a doença cardíaca.
Treino de força para melhoria da saúde cardíaca
Treino de força para melhoria da saúde cardíaca
Retomando a reabilitação cardíaca o treino de força é muito importante para esse objetivo embora ainda persista algum debate quanto à intensidade mais recomendada para otimização desse fim. Contudo os mais recentes estudos parecem inclinar para programas de maior intensidade (≥ 70% de 1 RM) por estes aumentarem mais a força muscular enquanto as necessidades cardiovasculares agudas são menores.
Continuação de bons treinos.
Referências:
– Can stronger muscles pump up your heart health? – Harvard Health;
– Dynamic strength training intensity in cardiovascular rehabilitation: is it time to reconsider clinical practice? A systematic review.

blog

Treino online
Treino de força
Treino ao ar livre
Treino
Testemunho
Terapia Ocupacional
Sem categoria
Reflexão da Semana
Prevenção de lesões
Preparação Física
Preparação Física
Postura
Personal Trainer
Perda de Peso
Osteoporose
Nutrição
Músculos
Multidisciplinaridade
Golfe
Futebol
Fisioterapia Desportiva
Fisioterapia
Exercício Físico
Exercício Clínico
Entrevista
Ensino
Educação
Direito Desportivo
Diabetes
Desporto juvenil
Comunicação
Ciência
Cardio
Cancro
Biomecânica
atividade física