brincadeira crianças
Educação
6 de Fevereiro, 2021

A importância da brincadeira para a saúde das crianças

Já por inúmeras vezes referimos que o exercício físico deve ser um veículo para assegurar e melhorar a nossa saúde em sentido lato. São inúmeras as evidências nesse sentido, mas continuamos (profissionais do exercício físico) a não alcançar o objetivo por completo.

Provavelmente devido a lacunas ao nível da sensibilização para os benefícios da atividade física em tenra idade. A nossa cultura privilegia pouco o contacto com a natureza, ou pelo menos nós sentimos isso.

A existência de parques e espaços verdes é cada vez menor, especialmente a sul do país e as atividades escolares/estruturadas são levadas em pouca conta, não estando a nossa “cultura física” para aí voltada.

Insistimos em colocar os adultos, e bem, a “mexerem-se” mas esquecemo-nos que esses adultos já foram crianças e aí poderíamos ter feito mais e melhor!

Provavelmente se todos tivéssemos a oportunidade de poder facultar às crianças a brincadeira livre a tarefa a jusante seria mais fácil.

A importância da brincadeira para a saúde das crianças
A importância da brincadeira para a saúde das crianças

Para além da educação para a parte física a brincadeira, não estruturada, em contexto de natureza onde as crianças têm acesso a todo o tipo de materiais sejam eles rochas, árvores, areia, lama, jardins parece estar associado a um melhor desenvolvimento físico e mental dessas mesmas crianças.

Questionamos porque os jovens estão pouco predispostos para a atividade física e relacionam-se mais com os seus pares por via virtual do que in loco! Talvez tenhamos de privilegiar mais a existência de locais propícios a esse convívio aliado a uma maior importância da educação física nas nossas escolas, especialmente nos primeiros anos.

Crianças com melhores índices de concentração, melhor desenvolvimento social e emocional, mais facilidade em aprender são evidências suportadas pelo acesso ao jogo na natureza.

E você proporciona esse contacto aos seus filhos e/ou teve acesso a muitos e bons momentos de brincadeira?

O que tem a dizer-nos? Acha que podemos ter adultos mais saudáveis por esse modelo de educação?

blog

Treino online
Treino de força
Treino ao ar livre
Treino
Testemunho
Terapia Ocupacional
Sem categoria
Reflexão da Semana
Prevenção de lesões
Preparação Física
Preparação Física
Postura
Personal Trainer
Perda de Peso
Osteoporose
Nutrição
Músculos
Multidisciplinaridade
Golfe
Futebol
Fisioterapia Desportiva
Fisioterapia
Exercício Físico
Exercício Clínico
Entrevista
Ensino
Educação
Direito Desportivo
Diabetes
Desporto juvenil
Comunicação
Ciência
Cardio
Cancro
Biomecânica
atividade física